CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

BEM-VINDOS AMIGOS POETAS

BEM-VINDOS AMIGOS POETAS

ARQUIVO

30 de setembro de 2014

Pensamento

No que tange ao perdão...
é impossível amar ao próximo
sem considerá-lo essencial !

Luciano Brunelli Crestana 

Sim ou sim?

Gostaria de tocar
uma só música na enfermaria...
se os doutores da alegria podem...
por que eu não poderia?

INSIGHT

Para brotar uma idéia
preciso foi muita fé...
um paraolímpico que
pé após pé...
provocara o agito...
no tanque de Betesda.

4 de agosto de 2011

DEVANEIO

De onde vem
essa inspiração?...
De muitos anos
de muitos lugares
de muitos olhares
de um certo tempo...
Isso pode sair caro
diz você
mas
qual o preço a ser pago
e será
que ficar em silêncio
sairá barato?
Ir devagar
ir rápido
sem se preocupar
nem com o andor
nem com o barro...
Ir apenas.

João José Camargo

4 de julho de 2011

EMOÇÕES DO DIA A DIA

Um maltrapilho a esmo pela praça!
Com carrocinha conduzida à mão,
o pobre catador de papelão,
mais aparenta esquálida carcaça.

Indiferente à multidão que passa,
desafinado, entoa uma canção.
Bom companheiro, ao lado, um feio cão,
desbotado...sem coleira...sem raça!

Ambos com fome, senta-se o mendigo.
Divide um pão com seu cachorro amigo,
como se o mesmo fosse seu irmão.

Bem a seu modo, o cão diz “obrigado”:
balança a cauda ao andarilho amado,
e dá-lhe um beijo...ao lhe lamber a mão!


André Bueno Oliveira

13 de abril de 2011

FAVORITA

(Para a prima Shirley)

F eliz embarcou no arco-íris
A nsiava ao final dele, um pote d’ouro
V estiu os passos de plumas
O usou um caminhar suave
R itmou os passos
I  mprovisou uma dança!!! Enfim...
T esouro encontrado saiu a derramá-lo pelo
A sfalto das horas...

MARA BOMBO

TE ESPERO

Te espero
a tarde se despede
em nuvens de aquarela
o horizonte devora o sol...
Agasalho-me
nos raios dourados das estrelas
e o luar prateado me aquece.
Embriago-me com o coquetel
de perfume e orvalho da madrugada.
A lua teima em me fazer companhia
de novo o sol chega
 consome o brilho das estrelas
minhas pálpebras encerram a jovem manhã
e eu...
ainda te espero.

LC LIMBERTI


22 de março de 2011

Ausente

 
Não conheço tua face
se ainda és jovem
se o tempo deixou em ti
os seus vincos implacáveis
 
Não conheço teu perfume
tua cor preferida
se usas relógio
se tens inglês fluente
tuas coisas memoráveis
 
Não sei que pratos aprecias
se gostas de vinho
se dormes de pijama
 
Se sentes frio
ou calor
se dispensas cobertor
se te viras na cama
 
Não sei nada a teu respeito
tuas manias
teu jeito
 
Se preferes o inverno
ao verão
se tocas violino
viola ou violão
 
Se usas ponte
fixa ou móvel
qual a marca e modelo
do teu automóvel
 
Se tens habilidades
se desentopes a pia
se te impacientas
se te atormentas
se sentes agonia
 
Se Paris te emocionou
se teu refúgio predileto
é Campos do Jordão
 
Se tens algo a dizer
algo a fazer
se estás de plantão
 
Não conheço tua mesa
teu escritório
tua escrivaninha
-  ali eu deixaria um desenho
uma oração
um poeminha
 
Nos versos de improviso
eu teria o teu sorriso?
 
Não sei se és um peixe
um pássaro, um elfo
um anjo, um arcanjo
um ser alado
 
De ti só possuo
vislumbres de abraços
quatro ou cinco traços
de um retrato falado...
 
MARISA BUELONI

26 de fevereiro de 2011

DESEJOS

O tempo corre desvairado...
Sonhos e desejos
num rodopio
esmagados...
Enigmáticos planos
saltam minhas veias
e abrigados
da febre grávida de vontades
se estrangulam
á luz do dia.

Maria Helena Brunelli F. de Camargo

27 de dezembro de 2010

NOVA TERRA

Luz
a rima da cruz
arrimo da paz
da vida  que traz
o porto seguro
o hoje e o futuro
a nova Terra
nascendo aqui
na vida da gente
seguindo em frente
abraçando o irmão
sinal de união
da vida florida
de glória e vitória
o amor fraternal
chegando afinal..

PEDRO KOWAL